5 passos simples para evitar atrasos na geração de laudos

atrasos na geração de laudos

Os atrasos na geração de laudos podem causar dor de cabeça em muitos centros médicos. Mas, como resolver essa situação? Confira as dicas desse post!

O conceito de qualidade pode ser entendido de diversas formas. Quando falamos a respeito de laudos médicos, o termo é um conjunto de atributos que engloba a interpretação de imagens médicas com assertividade diagnóstica; a descrição de todas as estruturas anatômicas e alterações do exame de imagem; a estrutura do laudo composta por método, análise e conclusão; sua ortografia e gramática, além da formatação; e a presença de imagens-chave (laudo ilustrado) para alterações relevantes.

O atraso na geração de laudos é algo que deve ser evitado ao máximo. Afinal de contas, a demora pode gerar uma percepção negativa para o seu negócio e, em alguns casos, até ser mal entendido como uma forma de “descaso” com a pessoa.

Imprevistos podem acontecer, é claro. Mas, o ideal é evitá-los, não é mesmo? A seguir, confira 5 passos simples para evitar atrasos na geração de laudos!

Mas imprevistos podem ocorrer até nas clínicas mais profissionais, que primam pela satisfação dos pacientes. É por isso que vamos dar 5 dicas neste post de como evitar esses atrasos e das melhores maneiras de lidar com seus pacientes caso eles ocorram.

Como evitar atrasos na geração de laudos? 5 dicas para colocar em prática!

Alinhado a precisão e pontualidade, manter um padrão de qualidade gera confiança, credibilidade e flexibilidade para um centro de diagnóstico por imagem. No entanto, o que fazer para evitar atrasos na geração de laudos? Confira a seguir!

1. Organize bem a sua agenda

Tudo começa com organização.

Na área da saúde, dar uma “atrasadinha”, principalmente se relacionado diretamente ao atendimento médico, ainda é bem aceita. No entanto, o atraso na prestação de serviços de saúde relacionados à medicina diagnóstica tem menor tolerância.

Dessa forma, o ideal é dimensionar corretamente sua capacidade de atendimento da demanda.

Sistema PACS

Teste Grátis por 7 dias. Solicite Agora!

Volume de Exames
(por mês)

2. Treine sua equipe periodicamente

Equipe bem treinada reduz erros recorrentes e, dessa forma, os custos da operação.

Afinal de contas, exames que são feitos sem a orientação adequada para os pacientes correm mais riscos de reagendamento ou repetição, o que além de postergar a entrega do laudo, ocasionam prejuízos operacionais por alocar o equipamentos e agenda para o mesmo paciente sem que isso gere receita extra.

Ou seja, vale muito mais a pena investir no treinamento da sua equipe, não é mesmo?

3. Utilize equipamentos de qualidade

Exames com qualidade técnica adequada dependem de equipamentos certificados e com manutenção em dia. Com bons equipamentos, você poderá oferecer um atendimento melhor, e também reduzir os custos de operação.

É interessante também contar equipamentos reserva, se possível, para poder rodiziar o envio rotineiro de uma unidade de cada tipo de exame para a assistência sem atrapalhar a sua agenda. Se isso não for uma realidade para você, mantenha a agenda de revisões em dia.

4. Tenha uma equipe médica comprometida e qualificada

A entrega de laudos com qualidade e agilidade é fundamental e pode ser um importante gargalo de toda a sua jornada de atendimento. O desprendimento de tempo e esforço para requisitar laudos em atraso é uma rotina custosa para toda unidade de saúde e pode gerar conflitos desgastantes.

Por isso, é essencial contar com uma equipe comprometida com a entrega, de preferência com um SLA (Service Level Agreement) bem definido e, assim, determinar as tarefas e os deveres de cada uma das partes envolvidas.

A disputa pelo mercado de telediagnóstico pode levar empresas a oferecer promessas de serviços que não serão cumpridas. Por isso, atenção!

5. Conte com recursos de gestão e de TI adequados

O uso de plataformas e soluções em TI que agreguem valor à hora de trabalho de toda a equipe é indispensável. De nada adianta ter um grande volume de demanda sem que recursos de automação e gestão adequada dos dados estejam disponíveis para a equipe.

A experiência de seu cliente depende de diversos fatores, inclusive da precisão nas entregas dos laudos. Esperamos que essas dicas ajudem a contornar o problema dos atrasos e cuidar sempre da satisfação dos pacientes.

Para mais matérias como essa, continue acompanhando o nosso blog!

Compartilhe essa publicação!

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin

Solução de diagnóstico
por imagem

Talvez você goste também